La experiencia de los turistas en establecimientos comerciales de souvenirs en el destino Curitiba-PR

Graziela Scalise Horodyski, Diogo Lüders Fernandes, José Manoel Gonçalves Gândara

Resumen

Resumo: O consumo de souvenirs é uma atividade que compõe as experiências dos turistas na maior parte dos destinos turísticos do mundo. Em Curitiba, os estabelecimentos comerciais de souvenirs se localizam próximos aos principais atrativos turísticos da cidade, contribuindo as experiências dos visitantes. Entende-se que os estabelecimentos comerciais de souvenirs são espaços onde os turistas podem viver diversas experiências. Para esta investigação, considerou-se as quatro dimensões da experiência de Pine II e Gilmore (1999), a saber: aprendizagem, estética, evasão e entretenimento. O objetivo da pesquisa foi analisar como os estabelecimentos comerciais de souvenirs afetam as experiências turísticas em Curitiba-PR. A investigação teve caráter qualitativo, exploratório, consistindo em um estudo aplicado. O instrumento de pesquisa foi estabelecido conforme a abordagem do Design Thinking. Para a realização do estudo foi necessária uma pesquisa bibliográfica, em seguida, foi realizado o trabalho de campo, estabelecendo-se como recorte espacial, o circuito da Linha Turismo. Para a realização do shadowing, foram definidos dezessete pontos comerciais de souvenirs, com características distintas e representativas dos atrativos a elas associadas. Após a análise dos dados por meio de emparelhamento teórico, verificou-se que o ponto de venda e o ambiente dos estabelecimentos comerciais, assim como o atendimento e os produtos ofertados contribuem para as experiências dos turistas. 


Palabras clave

Destino Turístico; Consumo Turístico; Experiência turística; Estabelecimento Comercial de Souvenir; Curitiba-PR.

Texto completo:

PDF (945,2 kB) Estadísticas

Referencias

ARNOULD, E.; PRICE, L. River Magic: Extraordinary Experience and the Extended Service Encounter, Journal of Consumer Research 20 (jun),1993.

BAUDRILLARD, J. A Sociedade de Consumo. Lisboa: edições 70, 2008.

BROWN, T. Design Thinking - uma metodologia ponderosa para decretar o fim das velhas ideias. Rio de Janeiro: ed. Elsevier, 2010.

__________. Design Thinking. Harvard Business Review. Jun 2008.

CAMPBELL, C. A Ética Romântica e o espírito do Consumismo Moderno. Rio de Janeiro: ed. Rocco, 2001.

CHUNXIAO, C; TINGYNE, K. Research on the Development of Tourism Souvenirs Based on Experience Design. International Conference on System Science, Engeneering Design and Manufacturing Informatization. College of Computer Science and Information, Guizhou University. Yichang, China, 2010.

COHEN, S.A., PRAYAG, G., MOITAL, M. (2014). Consumer Behaviour in Tourism: Key concepts, influences and opportunities. Current Issues in Tourism, 2014. (no prelo)

CREWE, L. Geographies of Retailing and Consumption. Revista Progress in Human Geography. Vol. 24, nº 2, 2000.

EJARQUE, Josep. Destination Marketing: La nuova frontiera della promocommercializzazione turistica. Milão: Hoepli, 2009. FEATHERSTONE, M. Cultura de Consumo e Pós-modernismo. São Paulo: Studio Nobel, 1995.

FERNANDES, D.L.; SOUZA, T.A.; TONON, L.M.P.; GÂNDARA, J.M.G. A Paisagem urbana e a Formação da Imagem Turística da Cidade de Curitiba: a percepção de visitantes e visitados. Anais do VII Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul. Caxias do Sul-RS, 2012.

FRAIZ BREA, J. A.; CARDOSO, L. Tourism Destination Image: reflexão sobre as principais investigações internacionais. CULTUR. ANO 5. Nº 02, 2011.

GÂNDARA, J. M. G.; MENDES, J.; MOITAL, M.; RIBEIRO, F. N. S. ; SOUZA, I. J.; GOULART, L. A. A qualidade da experiência na visitação dos destinos turísticos. In: BENI, M. C. (Org.). Turismo: planejamento estratégico e capacidade de gestão - desenvolvimento regional, rede de produção e clusters. São Paulo: ed. Manole, 2012.

GÂNDARA, J.M.G.; SILVA, E.K.L.; VIANA, M.dos S.; CARVALO, R.C.de O. Sementes da Mata Atlântica: conformação do produto cultural para o destino Itacaré – Bahia. Revista Cultur. Ano 05, nº 01. 2011.

GÂNDARA, J.M.G. Ações Comunicativas do Destino Turístico Curitiba. In: REJOWSKI, M.; COSTA, B. K. Turismo contemporâneo: desenvolvimento, estratégia e gestão. São Paulo: Atlas, 2003.

GIMENEZ, M.H.S.; BREA, J.A.F.; GÂNDARA, J.M.G. La Construcción de una Metodología para Analizar las Experiencias de Comer Fuera de Casa. Revista Estudios y Perspectivas en Turismo. V. 21, 2012.

GIMENES, M.H.S.; BIZINELLI, C.; MANOSSO, F.C. Enoturismo e Atividades Complementares: estratégias para a maximização da experiência turística. Anais do IX Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo. Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, 2012. GOELDNER, C.R, RITCHIE, JRB, MCINTOCH, R.W. Turismo – princípios, práticas e filosofias. Porto Alegre: Ed. Bookman, 2002.

GORDON, B. The Souvenir: Messenger of The Extraordinary. Journal of Popular Culture, 20(3), 135-146, 1986.

GOSS, J. Geographies of Consumption: the work of consumption. Revista Progress in Human Geography. V. 30, nº 2, 2006.

HORODYSKI, G.S. O Consumo na Experiência Turística: o caso dos souvenirs no destino Curitiba-PR. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2014.

HORODYSKI, G.S.; MANOSSO, F.C.; GÂNDARA, J.M. Conceitos e Abrangência do Souvenir na Dinâmica do Espaço Turístico: o caso de Curitiba-PR. Revista Turismo Visão e Ação. Vol. 15, nº 01.

HIRSEHMAN, E.C.; HOLBROOK, M.B. The Experimental Aspects of Consumption. The Journal of Consumer Research. V. 9, nº 2, 1982.

IBGE. População Estimada 2013 – Curitiba. Publicado em 2010. Disponível: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=410690>. Acesso: nov 2013.

____. Censo de 2010 – Curitiba. Publicado em 2010.

IDEO. HCD – Human Centered Design: Kit de Ferramentas, 2° Edição, 20__.

INSTITUTO MUNICIPAL DE TURISMO. Pesquisa de demanda turística – 2012. Curitiba, 2012.

JENSEN, R. The Dream Society – how the coming shift from information to imagination will transform your business. New York, Ed. McGraw-Hill, 1999.

KIM, S., LITTRELL, M.A. Souvenir Buying Intentions for Self Versus Others. Annals of Tourism Research. V. 28, Issue 3, 2001.

LAVILLE, C.; DIONE, J. A Construção do Saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Tradução Heloísa Monteiro e Francisco Settineri. Porto Alegre: Artes Médicas e Belo Horizonte: UFMG, 1999. LIPOVETSKY, G. A Felicidade Paradoxal: ensaio sobre a sociedade do hiperconsumo. São Paulo: ed. Companhia das letras, 2007.

LITTREL, M.A. Symbolic Significance of Textile Crafts for Tourists. Annals of Tourism Research, Vol. 17, 1990.

LITTRELL, M. A., BAIZERMAN, S., KEAN, R., GAHRING, S., NEIMEYER, S., REILLY, R., STOUT, J. Souvenirs and Tourism Styles. Journal of Travel Research. Vol. 33, nº. 1, 1994.

LOVE, L.L.; SHELDON, P.R. Souvenirs: messengers of meaning. Revista Advances in Consumer Research, Vol. 25, Association for Consumer Research, Provo, UT, pp. 170-5, 1998.

MACHADO, P.S. e SIQUEIRA, E.D. Turismo, Consumo e Cultura: significados e usos sociais do souvenir em Petrópolis-RJ. Revista Contemporânea. Nº10, v.1, 2008.

MEDEIROS, F. B.; CASTRO, C. A Cidade e seus Souvenires: O Rio de Janeiro para o turista ter. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. v. 1, n. 1, p. 34-53, set. 2007.

MITCHEL, M.; ORWIG, R. Consumer Experience Tourism and Brand Bonding. Journal of Product & Brand Management. Vol.11 nº 1, 2002.

MOURA, R. O Turismo no Projeto de Internacionalização da Imagem de Curitiba. Turismo – Visão e Ação. V.9, nº 3, 2007.

NORRILD, J. El Mate como Souvenir Turístico en Argentina – su identidad funcional y ornamental. In: MARONESE, L. (org). La Artesanía Urbana como Patrimônio Cultural. Comissión para la Preservación del Patrimônio Histórico Cultural de la Ciudad de Buenos Aires. Buenos Aires, 2004.

NUNES, F. A Representação da Favela e seus Significados: o caso dos souvenires “by Rocinha”. In: PANOSSO NETTO e GAETA. Turismo de Experiência. São Paulo: ed. Senac, 2010.

OH, J.Y., CHENG, C., LEHTO, X.Y., O’LEARY, J.T. Predictors of Tourist’s Shopping Behavior: examination of socio-demographic characteristics and trip typologies. Journal of Vacation Marketing. V.10, 2004.

PINE II, B.J.; GILMORE, J.H. The Experience Economy – work is theatre & every business a stage. Massachusetts: Ed. Harvard Business School Press, 1999.

REIS, J.R. “Lembrei-me de você”: o consumo de souvenires atribuindo significado à viagem turística. Anais do V Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo. Belo Horizonte, 2008.

RIBEIRO, R. M.; SILVEIRA, M.A.; Planejamento Urbano, Lazer e Turismo: os parques públicos em Curitiba – PR. Universidade do Vale do Itajaí. Revista Turismo - Visão e Ação - vol. 8 - n.2 p. 309 - 321 maio /ago. 2006.

SCHMITT, B. Experiential Marketing: A New Framework for Design and Communications. Design Management Journal. Vol. 10, nº 2, 1999.

SETU – Secretaria do Turismo do Paraná. Regiões Turísticas. Disponível em: <http://www.setu.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=14> Acesso: 18 maio 2012.

SHEN, M.J. The Effects of Globalized Authenticity on Souvenir. International Journal of Innovative Management, Information & Production. V.2, nº 1, 2011.

SCHLÜTER, R. G. The Role of T-shirts in the Creation of Tourist Destination Images. Studies and Perspectives in Tourism - Electronic Journal, nº01 Vol. 7. Buenos Aires, 1998.

SOLOMON, M. R. O Comportamento do Consumidor – comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Bookman, 2002.

SOUZA, N.R. Planejamento Urbano em Curitiba: saber técnico, classificação dos citadinos e partilha da cidade. Revista Sociologia Política. Nº 16.Curitiba, 2001.

SWANSON, K.K; HORRIDGE, P.E. A Structural Model for Souvenir Consumption, Travel Activities, and Tourist Demographics. Journal of Travel Research. Vol.42, 2004.

SWANSON, K. Tourist’s and Retailer’s Perceptions of Souvenirs. Journal of Vacation Marketing. Nº10. Vol. 363, 2004.

SWARBROOKE, J.; HORNER, S. O Comportamento do Consumidor no Turismo. São Paulo: ed. Aleph, 2002.

URBS-URBANIZAÇAO DE CURITIBA. Linha Turismo. Disponível em: <http://www.urbs.curitiba.pr.gov.br/PORTAL/linha_turismo/>Acesso: nov 2013.

VALLS, J.F. Gestión de Destinos Turísticos Sostenibles. Barcelona: ed. Gestión 2000, 2004.

WANG, N. Rethinking Authenticity in Tourism Experience. Annals of Tourism Research, V. 26, nº 2, 1999.

WICKS, B. (org) Direct Marketing os Crafts and Souvenirs to Vladmir Visitors. Universidade de Ilinois. Escola de Estudos Aplicados da Vida. Departamento de Recreação, Esporte e Turismo, 2004.

YÜKSEL, A. Tourist Shopping Habitat: effects on emotions, shopping value and berhaviors. Revista Tourism Management. Vol. 28, 2007.




DOI: https://doi.org/10.14198/INTURI2015.10.08





Copyright (c) 2015 Graziela Scalise Horodyski, Diogo Lüders Fernandes, José Manoel Gonçalves Gândara

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.